13 de setembro de 2017

Centro de Educação Especializada promove educação inclusiva no município

IMG_9664

Jogos interativos ajudam no aprendizado de estudantes de escolas municipais, no CAEE

A inclusão social começa pela educação. É com esse entendimento que  Arapiraca abraça o desafio da educação inclusiva. E desenvolve programas e ações para  atender professores, alunos e pais, na busca pela garantia dos  direitos humanos a`pessoas com necessidades especiais das escolas municipais.

As ações são realizadas pela Secretaria Municipal de Educação e Esporte, através do Centro de Atendimento Educacional Especializado (CAEE), que funciona  em salas no Ginásio Municipal Papa João Paulo II, no Parque Ceci Cunha. E atua com uma equipe multidisciplinar, composta por psicólogos,  assistentes sociais, fonoaudiólogos e psicopedagogos clínicos.

IMG_9680

Equipe multidisciplinar em dia de atendimento no CAEE

O CAEE trabalha em parceria com as escolas municipais, responsáveis por repassar a demanda para o serviço, que é direcionado para atender a necessidade do aluno, para que tenham igualdade de condições no aprendizado. Entre os beneficiados estão os com deficiência de diferentes naturezas, a exemplo da física, intelectual e sensorial.

Girley Araújo Lima, diretora do CAEE, explica que, das 59 escolas municipais, 24 dispõem de atendimento nas próprias unidades de ensino. E que,  no ano passado,  o centro prestou atendimento a 420 alunos. Além disso, as famílias também são inseridas no processo de socialização, proposto pelo programa de educação inclusiva  do município.

IMG_9575

Girley Araújo (esquerda), diretora do CAEE, em reunião com equipe pedagógica

A equipe do CAEE realiza um trabalho de formação continuada para profissionais da educação e programas para alunos e familiares. A ideia é compartilhar responsabilidades. Além disso, desenvolve ações de inserção ao mercado de trabalho e universidade”, destacou a diretora.

IMG_9669

Alunas aprendem brincando em  sala do CAEE 

Ouça a matéria na integra: