16 de novembro de 2018

Sob os versos de Jessier Quirino, Teófilo comemora lançamento da Fliara

A Feira Literária de Arapiraca (FLIARA) começou em grande estilo, e na Praça Luís Pereira Lima, um corredor cultural foi montado para levar ao arapiraquense a diversidade cultural, da literatura de cordel, aos contos infantis, até os mais tradicionais autores.

Para o prefeito Rogério Teófilo esse um momento histórico para o município, a realização de um sonho e que inclui Arapiraca no cenário literário de todo o Brasil.

Genival SilvaJessier Quirino abriu a Fliara contando diversos causos e versos da literatura de cordel (Fotos: Genival Silva)

Jessier Quirino abriu a Fliara contando diversos causos e versos da literatura de cordel (Fotos: Genival Silva)

“Muita gente está vindo de longe para prestigiar a nossa feira. Muita gente do Sertão Alagoano, de Pernambuco e de outros Estados. Esta é apenas uma planta que está sendo semeada para que no futuro possamos colher os frutos”, destacou o gestor municipal.

E o pontapé inicial foi dado com a participação de um grande nome da poesia matuta, o célebre Jessier Quirino contagiou o público presente com diversos causos e versos de um povo batalhador, o povo nordestino.

E a Fliara se estenderá até o próximo domingo (18) tendo ainda diversos autores no repertório, a exemplo de Arriete Vilela e Maitê Proença, e o grande show de encerramento com os artistas da Banda Gato Negro e Wado.

Confira a programação completa AQUI.